(011) 3889.7721 / (011) 3796.8666 – Celular: (011) 94725.1127 Nextel: 55*84*104742 [email protected]
Água-Viva-Juba-de-Leão (Cyanea Capillata)

Em nosso curso de Biologia, ao discutirmos a questão da interação com animais potencialmente perigosos falamos à respeito dos Cnidários, e citamos as Águas-Vivas, onde comentei à respeito de uma em específico, que é considerado o segundo maior (mais longo) animal marinho: a Água-Viva-Juba-de-Leão (Cyanea Capillata).

1 (imagem)

É uma espécie gigante de medusa da ordem Semaeostomeae, família Cyaneidae. Podem atingir um pouco mais de 2 metros de diâmetro e seus tentáculos chegam a medir até 37m, que é mais comprido que uma Baleia Azul. Este ser somente perde o primeiro lugar para verme Lineus longissimus, que podem chegar a mais de 50m de comprimento (apesar de terem somente 10cm de largura).

2 (Imagem)

Esta Água-Viva é uma espécie que vive em águas geladas, normalmente encontradas no Atlântico Norte e no Ártico. Predadora por natureza, ela caça e se alimenta de pequenos peixes, plâncton, ctenophoras e outras espécies de Águas-Vivas menores, mas ela também serve de alimento de outros animais como a Tartaruga-de-Couro (que tem esta Água-Viva como sua principal dieta), o Peixe-Lua, alguns pássaros marinhos, e também de Anêmonas. Sim, Anêmonas! Vejam o vídeo do Discovery Channel para ver mais sobre o comportamento deste animal e seus predadores: http://www.discovery.com/tv-shows/north-america/videos/the-worlds-largest-jellyfish/

O nome “Juba-de-Leão” se dá por conta da quantidade de tentáculos agrupados que ela chega a possuir (podem chegar a ter mais de 1.000 tentáculos). Por esta razão, o contato com o ser humano pode ser perigoso e até fatal, considerando a quantidade de tentáculos que podem soltar ferrões de uma só vez, e assim potencializar o efeito da peçonha no corpo humano.

3 (Imagem)

Curiosidades:

Em Julho de 2010 em torno de 150 pessoas aparentemente foram atingidas por restos mortais de tentáculos desta Água-Viva. O restos haviam se partido em incontáveis pedaços e espalhados em uma área da New Hampshire nos USA. Considerando o tamanho da espécie, é possível que este incidente em massa possa ter sido gerado por um único espécime.
Por ser um animal pelágico, elas servem de morada temporária para algumas espécies de peixes que também atravessam o oceano e são imunes à peçonha.
4

Gostaram de saber mais sobre este mundo fascinante? Venham mergulhar conosco!

Fontes:

https://en.wikipedia.org/wiki/Lion%27s_mane_jellyfish

http://noticias.terra.com.br/ciencia/pesquisa/agua-viva-de-30-m-se-tornou-quotguardia-do-marquot-diz-estudo,b6f859d9e3837310VgnCLD100000bbcceb0aRCRD.html

http://www.extremescience.com/giant-jellyfish.htm

×
Olá, posso te ajudar?