(011) 3889.7721 / (011) 3796.8666 – Celular: (011) 94725.1127 Nextel: 55*84*104742 [email protected]
Prego no mar

Pertencente à família Dasyatidae (nome científico: Dasyatis americana), a ARRAIA PREGO também é conhecida popularmente como raia cravadora, raia lixa, pastinaca (Itália e Espanha), raya verde (República Dominicana), roughtail stingray e whipray (EUA) e trigono (Itália).

Esta comum companheira dos mergulhos em nossa costa possui o dorso marrom-claro ou acinzentado (sua coloração pode variar de acordo com o substrato). Apresenta uma mancha pálida à frente dos olhos no meio do focinho e  ventre sempre muito claro.

Possui corpo rombóide, com focinho, cabeça e parte anterior das peitorais formando uma pirâmide. Não possui nadadeiras dorsais e seus lóbulos posteriores dos peitorais formam dobras cutâneas abaixo da base da cauda.
Animal de cauda longa e afilada usada,  através de um ou mais espinhos, como sua maior arma de defesa.

Pode chegar a 3 metros de comprimento, 2 metros de largura e 112 Kg. Em média mede 1 metro de largura e pesa 30 Kg. Os filhotes nascem com 30 cm. Encontradas nas águas tropicais do Atlântico, esta é uma arraia muito comum em toda a costa brasileira.
De hábitos bentônicos, costeiros e de águas rasas, eventualmente podem adentrar em estuários e até mesmo subir rios de água doce.

São normalmente encontradas deitadas no fundo e cobertas pela areia. Podem formar grupos na época de migração, que ocorre no verão (aqueles que estiveram conosco em Arraial do Cabo em Dezembro/2005 puderam certificar este fenômeno), quando nadam  em grupos próximas á superfície.

Alimentam-se principalmente  à noite: de moluscos, vermes, crustáceos e pequenos peixes. É uma espécie ovovivípara e produz de 2 a 4 filhotes por estação.  Considerada a mais perigosa raia peçonhenta, seus espinhos em forma de serra, além de inocular peçonha capaz de matar um homem, pode produzir sérios ferimentos punfiformes.

×
Olá, posso te ajudar?